TRÊS RÉUS FORAM A JURI POPULAR EM MOSSORÓ NO RN SENDO 01 CONDENADO E 02 ABSOLVIDO.

Na manhã de terça-feira, 09 de julho de 2019, na 27ª sessão de julgamento da 2ª Reunião Ordinária do Tribunal do Júri Popular realizada no plenário do Fórum Desembargador Dr. Silveira Martins, presidido pelo Juiz Vagnos Kelly de Figueiredo de Medeiros, aonde acontecerão as 48 sessões que irão até 31 de julho do corrente ano.
ImagemImagemImagemImagemO vigésimo sétimo julgamento realizado na segunda sessão ordinária do ano de 2019, onde foram julgados os réus:

MOISES MORAIS DE GOIS, 23 anos, natural de Mossoró/RN, morador da Rua Marechal Deodoro no Bairro Paredões em Mossoró.

MAYCON DOUGLAS LIMA DA SILVA, 22 anos, natural de Mossoró/RN, morador da Rua Dom Pedro II no Bairro Paredões em Mossoró.

OSCAR MARTINS DE AQUINO JUNIOR, 27 anos, natural de Mossoró/RN, residente na Rua Dix-Neuf Rosado no centro de Mossoró.

Por infração ao artigo 121, § 2º, II e V, artigo 121, § 2º, II e IV, C/C 14, II e artigo 288, paragrafo único, todos do Código Penal Brasileiro, acusado por crime de homicídio, onde foi vitima: CLAUDETE BENÍCIO DE SOUSA, conhecida como LOBA DA COBAL, assassinada no dia 03 de dezembro de 2016, por volta das 05h10min, na Rua das Carnaúbas, em frente ao Colégio Pequeno Príncipe, no Bairro Paredões em Mossoró no Oeste Potiguar, na mesma ação criminosa a pessoa de: ILMAR BENICIO DO CARMO foi alvejado a tiros pelo mesmo grupo criminoso.

A sessão foi presidida pelo Juiz Vagnos Kelly de Figueiredo de Medeiros, tendo como representado do Ministério Público o Promotor de Justiça Ítalo Moreira Martins e na defesa atuaram os Doutores Alexandre Junior Mendes Correia Azevedo B. Neto, Fabrício Santos da Silva, Ricardo Luís da Costa, José Wellington Pinto Diógenes e Doutora Fernanda Barros.

O Conselho de Sentença representado por sete membros da sociedade entenderam que apenas MAYCON DOUGLAS teve envolvimento direto com a morte da LOBA DA COBAL, já os outros dois OSCAR MARTINS e MOISES MORAIS, não haviam provas suficientes que comprovassem a condenação dos réus pelo crime, diante do resultado o juiz presidente do tribunal do júri Dr. Vagnos Kelly de Figueiredo de Medeiros, deu o veredito final, condenando MAYCON DOUGLAS, 16 de prisão no regime fechado e absolvendo OSCAR e MOISES.

Ressaltamos que o réu LUTCEMBERG FAUSTO SILVA, 22 anos, natural de Mossoró, domiciliado na Rua Dom Pedro II no Bairro Paredões em Mossoró, compareceu, mais não foi a julgamento por motivo do seu defensor não comparecer ao júri por motivo de saúde, ficando para ser julgado posteriormente, numa data a ser definida pelo juiz Vagnos Kelly presidente do tribunal do júri popular.

Outros envolvidos no assassinato De LOBA DA COBAL, O réu preso JONHATAN MAXUEL DE SOUSA, 22 anos, natural de Mossoró/RN, domiciliado na Rua Dom Pedro II no Bairro Paredões em Mossoró, já foi a julgamento e condenado a 38 anos e 11 meses no regime fechado.

THAYRON DE MORAIS SILVA, 23 anos, natural de Mossoró/RN, domiciliado na Rua Dom Pedro II no Bairro Paredões em Mossoró, também já foi julgado e condenado a 24 anos e 10 meses de prisão em regime fechado.

BRUNO SILVA conhecido como BONECA não foi a julgamento, pois já é falecido e RODRIGO SILVA não foi denunciado na época, pois era menor de idade, mais todos estavam unidos segundo consta no processo enviado a justiça por vinculo associativo para cometimento do crime.

09 de Julho de 2019

Postado às 20h23min

Nenhum comentário

Seja o primeiro a comentar

Esconder formulário